Estranhos barulhos

Sabe, diário?


Ontem, a noitinha, estávamos conversando eu e a minha filha quando ouvimos um barulho muito forte de vidros quebrando.



Pensamos que fosse nos vizinhos, mas como era muito forte acreditamos que o barulho vinha da nossa cozinha. Corremos para a cozinha e estava tudo intacto.

Eu disse para a minha filha que não diríamos nada a ninguém. Que deveria ter uma explicação física para aquilo. Se disséssemos aos nossos parentes sem constatar o que realmente havia acontecido, logo viriam dizendo que era coisa de outro mundo e outras crenças e crendices que, embora eu acredite que exista; primeiro tenho que eliminar todas as hipóteses físicas.

Daí a filha lembrou que nossa cozinha e a sala ficam nos extremos da casa e que muitos barulhos que ela pensava que vinham da cozinha, na verdade, eram barulhos que começavam na sala.

Corremos para a sala.

Na sala estava uma antena interna de TV caída no chão de um lado e do outro um espelho redondo que eu havia comprado.

Eu só falei para minha filha. Ainda bem que não foi o espelho grande da sala. O grande tinha custado mais caro.

Comentários

  1. Puxa, acontece cada uma!! beijos, de volta , tuuuuuuudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. É muito melhor averiguar do que acreditar em coisas do outro mundo...
    Legal o micro conto.
    Abraço

    ResponderExcluir

Postar um comentário