Uma pessoa que fala muito

Sou uma pessoa que fala muito. Diante de uma pessoa conhecida, não consigo ficar calada. Fico calada apenas quando triste ou  emburrada. Se tiver que falar para uma multidão, de improviso, lá estou eu falando.


Ser assim me deixa com uma aflição enorme. Tenho treinado o falar menos e observar mais. Muitas vezes, guardar para nós mesmos o que se pensa ou sente, diante uma situação mais polêmica, é o melhor a fazer. 

Muitas vezes tenho inveja das pessoas introspectivas, pois, assim como elas não conseguem se comunicar facilmente, eu não consigo deixar de me comunicar com as pessoas que chegam a mim. Só deixo de falar quando não gosto da pessoa, e isso fica tão evidente, que fico até constrangida pelo meu modo de ser.


Eu realmente tenho treinado para ser mais introspectiva, tanto em casa quanto no trabalho e na rua. 

Comentários

  1. Temos que ser como somos, claro, com equilíbrio e falar nas horas certas! beijos, linda semana,chica

    ResponderExcluir
  2. Oi, Iza!
    Sou introspectiva e só falo quando sou solicitada. Por isso, não concordo com a sua afirmativa de que pessoas introspectivas não conseguem se comunicar facilmente. Não é bom falar o que pensa em determinadas situações, ainda mais quando a verdade não é a nossa.
    Engraçado que sempre dou a voz para os falantes... Uma boa forma de saber o que as pessoas ao meu redor estão pensando.
    Já pensou que falar demais pode ser insegurança? As pessoas inseguras encaram o silêncio como um lacuna e muitas vezes ele se torna constrangedor.
    O silêncio também é uma boa forma de medir a intimidade com alguém. Se o silêncio não fizer barulho, é pq a intimidade vai bem, obrigado... :)
    Feliz Páscoa!
    Beijus,

    ResponderExcluir

Postar um comentário



Postagens mais visitadas deste blog

Amigos Virtuais

Entre Kant e Hegel

Sobre borbolisas e como navegam pelo mundo...