Alegrias do Mundo

Tenho comigo que não é que o mundo esteja tão pior do que era antes. 

É que agora, com tanto acesso às informações, ficamos sabendo de coisas que, antes, a pessoa morria e nem ficava sabendo da metade das coisas que aconteciam no mundo.

Penso que tenho fugido da proposta desse blog. 

Aqui, gostaria de registrar, na maior parte das vezes, as coisas belas do mundo. 

Nunca quis ser, tanto aqui, quando no cotidiano, uma disseminadora de más notícias. 

Prefiro ser uma das responsáveis por disseminar as alegrias do mundo.

A foto que ilustra essa postagem, encontrei aqui

Tem como não ser alegre num lugar tão lindo quanto esse?

Fico imaginando como seriam as pessoas que moram aqui...

Para espalhar flores e cores por onde se mora, só pode ser uma comunidade muito feliz.

Tomara que eu não esteja errada.